Usa Flag / English Version Bandeira do Brasil / Versão em Português
CURRENT MOON
Lua atual

Perfil Altimétrico

Como traçar perfis altimétricos das formações lunares?

Graças à tecnologia da leitura do relevo lunar através do altímetro a laser da sonda lunar robótica americana LRO (Lunar Reconnaissance Orbiter), foi possível obter um modelo "topográfico" lunar e uma grade "geodésica", o que possibilitou a criação da ferramenta "Path" do QuickMap Act-React.

 

Para traçar o perfil altimétrico de qualquer formação da superfície lunar, basta acessar o webiste do QuickMap Act-React da NASA em:

http://target.lroc.asu.edu/q3/

Após entrar na página, aumente o mapa usando o ícone "+" no canto superior esquerdo da tela ou ponha o cursor em cima da formação lunar desejada (por exemplo a cratera Copernicus) e vá executando duplos cliques. A cada duplo clique o mapa vai aumentando (aproximando) e centralizando na tela a formação escolhida. 

Para traçar o perfil altimétrico basta clicar no ícone de ferramenta existente no canto superior direito da tela. Em seguida, escolha a opção "Line Tool" e leve o cursor até o ponto inicial do traçado (por exemplo,começando na borda externa esquerda ou oeste de Copernicus) e execute 1 clique para marcar o início. Depois leve o cursor até onde você deseja finalizar o traçado do perfil (por exemplo, terminando na borda externa direita ou leste de Copernicus, criando assim uma linha horizontal de oeste para leste). Nesse ponto, execute 2 cliques para finalizar o traçado.

Com isso, automaticamente você receberá um quadro resposta do "Path Query" (pesquisa de traçado) realizado, com as medidas das distâncias geodésica e cartográfica. Qualquer direção de traçado pode ser feito por sobre a imagem da formação lunar (horizontal, vertical, diagonal 45 graus ou qualquer inclinação) para se obter o perfil altimétrico.

Você poderá clicar conjuntamente as teclas "ALT" e "PrntScr" para obter uma cópia da tela de seu computador, com o perfil traçado. Depois, abra o utilitário Paint do sistema operacional Windows, cole a imagem da tela, recorte apenas o perfil e cole onde desejar. 

É importante notar que, o resultado de um perfil altimétrico mostra, por exemplo, a medida da profundidade de uma cratera (elevation) em metros, e o diâmetro da cratera (cartographic distance along path) em quilômetros . Porém, o desenho do perfil que se obtém como resultado, não é proporcional às dimensões reais da cratera. Isto porque, a medida do diâmetro de uma cratera é muito maior do que a medida de sua profundidade. Por exemplo, a cratera Ptolemaeus tem 158 Km de diâmetro e 2,4 Km de profundidade, o que daria uma relação diâmetro / profundidade em torno de 65,8. Isto posto, ficaria difícil representar de forma real o desenho de um perfil altimétrico como esse.

Na foto abaixo, vê-se o perfil altimétrico da cratera Copernicus, baseado no traçado uma reta em diagonal, de sudoeste para nordeste.

Na foto abaixo vemos outro exemplo do uso da ferramenta de perfil altimétrico, dessa vez tendo como alvo o Mons Piton, feito com um traçado horizontal (de oeste para leste).

Bo!

Boletim Observe! do mês de agosto ...
Boletim Observe! do mês de agosto de 2021.
Nobres colegas. O Boletim Observe! do mês de agosto de 2021 está disponível no endereço eletrônico mencionado a seguir: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual ... Leia mais

Nobres colegas. O Boletim Observe! do mês de agosto de 2021 está ... Leia mais
27/07/2021
Jean_nicolini2

30 anos sem o Astrônomo Jean ...
30 anos sem o Astrônomo Jean Nicolini.
30 ANOS SEM JEAN NICOLINI Por Nelson Travnik* Laureado pela Sociedade Astronômica da França, SAF, com o prêmio “George Bidault d’ Isle”; perpetuado no Observatório Municipal de Campinas com seu nome, na ... Leia mais

30 ANOS SEM JEAN NICOLINI Por Nelson Travnik* Laureado pela Sociedade Astronômica da ... Leia mais
27/07/2021
Ice

Em Campinas há 24 anos, o gelo que ...
Em Campinas há 24 anos, o gelo que veio do espaço - por Nelson Travnik.
C I Ê N C I A Nelson Travnik EM CAMPINAS HÁ 24 ANOS, O GELO QUE VEIO DO ESPAÇO Na manhã do dia 11 de julho de 1997, Campinas foi palco de um fato insólito, único talvez no mundo. Nesse dia, entre 6h45 e ... Leia mais

C I Ê N C I A Nelson Travnik EM CAMPINAS HÁ 24 ANOS, O GELO QUE VEIO DO ... Leia mais
12/07/2021
Bo!

Boletim Observe! do mês de julho ...
Boletim Observe! do mês de julho de 2021
Nobres colegas. O Boletim Observe! do mês de julho de 2021 está disponível no endereço eletrônico mencionado a seguir: http://www.geocities.ws/costeira1/neoa/observe.pdf Leia a edição atual do ... Leia mais

Nobres colegas. O Boletim Observe! do mês de julho de 2021 está disponível no ... Leia mais
12/07/2021